sexta-feira, 29 de maio de 2009

Cornada de 20 cm. que rompe quadriceps femoral



Israel Lancho tem evoluído favoravelmente, mas encontra-se ainda internado na UVI (Ciudados Intensivos) da clínica madrilena para onde foi transferido depois de ter sido anteontem operado na enfermaria de Las Ventas à gravíssima cornada que sofreu quando entrava a matar o último toiro da tarde da ganadaria portuguesa de Palha.
A cornada de Israel Lancho foi a mais grave e a mais horrorosa deste ciclo da Isidrada e uma das piores a que se assistiu nos últimos anos em Madrid.

O toureiro está vivo por milagre.
Israel Lancho, segundo os médicos, deverá permanecer mais cinco ou seis dias na Unidade de Cuidados Intensivos.

Busca

Pesquisa personalizada

Popular Posts

google search

Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget