quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Banco do Brasil reduz taxas

O Banco do Brasil resolveu usar o bom senso e reduzir as taxas para seus fundos de investimentos. Com a taxa selic num patamar baixo, perante a média história, parece ter sido
uma decisão acertada. Além disso, os valores mínimos para aplicações também sofreram ajustes para baixo, permitindo em alguns casos a aplicação de recursos com um mínimo de 50 reais.

Veja abaixo como ficou a situação dos fundos de investimento no Banco do Brasil:



Fundos
      Aplicação Inicial
            Taxa de administração
Anterior
Atual
Anterior
Atual
BB Curto Prazo Automático *
200,00
50,00
4,00%
4,00%
BB Curto Prazo Mil
1.000,00
200,00
3,00%
3,00%
BB Referenciado DI Social 200
200,00
50,00
4,50%
3,50%
BB Referenciado DI Bônus Mil
1.000,00
200,00
4,00%
3,00%
BB Referenciado DI Mil
1.000,00
200,00
3,00%
3,00%
BB Referenciado DI 10 Mil
10.000,00
5.000,00
2,50%
2,50%
BB Renda Fixa 200
200,00
50,00
4,50%
3,50%
BB Renda Fixa Bônus Mil
1.000,00
200,00
4,00%
3,00%
BB Renda Fixa Mil
1.000,00
200,00
3,00%
3,00%
BB Renda Fixa 25 Mil
25.000,00
5.000,00
2,00%
2,00%
BB Refenciado DI LP Mil
1.000,00
200,00
3,00%
3,00%
BB Referenciado DI LP 200 Mil
200.000,00
90.000,00
0,80%
0,80%
BB Renda Fixa LP 100
100,00
100,00
5,50%
4,00%
BB Renda Fixa LP Parceria 400
400,00
200,00
2,00%
2,00%
BB Renda Fixa LP 10 Mil
10.000,00
5.000,00
2,50%
2,50%
BB Renda Fixa Bônus Longo Prazo
20.000,00
5.000,00
2,00%
2,00%
BB Renda Fixa LP 200 mil
200.000,00
90.000,00
0,80%
0,80%
BB Renda Fixa LP Premium 200 mil
200.000,00
90.000,00
0,90%
0,90

Nenhum comentário:

Busca

Pesquisa personalizada

Popular Posts

google search

Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget