quarta-feira, 22 de abril de 2009

Kepler Weber em alta de 35,71%

Mais Lidas
KEPL3, Anastácio e o detector de mentiras...


Cágado come pomba em pleno dia...


SÃO PAULO - Depois de anunciar a reestruturação da sua dívida, a Kepler Weber KEPL3,
produtora de silos e equipamentos para a armazenagem de grãos, espera ampliar os
níveis de produção no Brasil e no exterior, na onda da retomada do agronegócio.

A alta de hoje das ações da KEPL3, com significativo volume (maior que 62M) estaria
relacionado a recuperação da empresa, que já no final do mes de abril deve ampliar
o seu faturamento. Um das corretoras que mais comprou ações foi a TOV, praticamente iniciando o movimento aos 0,15, que culminou em 0,19 ao final do dia, com o termino do pregão. Hoje, o Banco Itau S.A. enviou o seguinte Comunicado ao Mercado:
"Para conhecimento e divulgacao, informamos a seguir as modificacoes no Capital Social em acoes da empresa em epigrafe, apos a conversao de 24.372 acoes PNA e 928 acoes PNB, em acoes Ordinarias".

Aliás, estas ações PNA e PNB foram subscritas em 2007 por 0,30 a unidade. É um movimento significativo, que vem acompanhado pela posse do novo conselho administrativo e fiscal da Kepler Weber, com a participação de nomes vinculados ao PREVI e ao BB Investimentos, além de varias pessoas ligadas ao BB. Como a aprovação ocorreu apenas dia 17/04/2009, a conversão dos créditos PNA e PNB para ações ordinárias só foi possível ocorrer hoje, dia 22/04/2009. Com mais ações disponíveis e mais liquidez no mercado para a KEPL3, o preço da ação valorizou.

De acordo com o diretor comercial da empresa, Wilfried Toth, a maior parte – 80% - das exportações da Kepler Weber, em 2008, foram para América Latina, principalmente para Venezuela, Uruguai, Argentina, Bolívia, Paraguai e Chile. “Com a disparada do preço dos alimentos, a preocupação com segurança alimentar passou a ser prioritária para os governos. Os países que não são agrícolas precisam de capacidade de estocagem”, afirma o diretor comercial da Kepler Weber, explicando parte do bom desempenho da empresa.

Outra notícia positiva para empresa foi que finalmente o mercado de leite começou a reagir. Considerando o preço médio nacional de março pela produção de fevereiro, o aumento foi de 0,91%, o que não deixa de ser uma boa notícia para os produtores. Há oito meses o mercado trabalhava em baixa, com queda acumulada de 21%, em média.

Também está programada a participação em inumeros eventos(nacionais e internacionais) a apartir de abril, tais como:
Fenamilho Internacional
Avesuí
Agrishow Ribeirão Preto
Expo Santa Rita
Agrotins
Nampo
V Congresso Brasileiro de Soja e Mercosoja
Faria Trade Iran Agro
VIV Rússia
6º Agrobalsas


Mais Lidas
KEPL3, Anastácio e o detector de mentiras...

Cágado come pomba em pleno dia...

Nenhum comentário:

Busca

Pesquisa personalizada

Popular Posts

google search

Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget