segunda-feira, 1 de junho de 2009

lista passageiros voo air france 447

A nossa Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) divulgará a lista completa com os nomes dos passageiros (lista passageiros voo air france 447) e tripulantes a bordo do vôo AF 447, da Air France, por volta das 11h desta segunda. A empresa aérea Air France informou que 228 pessoas estavam a bordo, entre 216 passageiros e 12 tripulantes.

A agência disponibilizou para os familiares os números os telefones(61) 3366-9303 e (61) 3366-9307, e assim possam obter informações sobre a lista passageiros voo air france 447.

Em nota oficial, a empresa Air France afirma que “divide a emoção e a inquietação das famílias envolvidas” e que seus familiares serão recebidos em um local especialmente reservado no aeroporto de Paris Charles de Gaulle 2, assim como no Salão Nobre do Galeão.”

A empresa Air France disponibilizou dois telefones para informações sobre o desaparecimento Airbus A 330 da empresa, e confirmação da lista do vôo Air France 447

O cirurgião plástico Roberto Corrêa Chem, de 65 anos, está entre os passageiros do voo AF 447, da companhia Air France, que decolou do Rio na noite de domingo (31) e desapareceu. Roberto, que é diretor do Banco de Peles e chefe do Serviço de Cirurgia Plástica da Santa Casa de Porto Alegre, viajava acompanhado da mulher, a psicóloga Vera Chem, de 63 anos, e da filha Letícia Chem, 36 anos, gerente de roaming internacional da operadora Oi.

A família Orleans e Bragança, herdeira da família real brasileira, confirmou que o príncipe Pedro Luis de Orleans e Bragança, estava no voo AF447, que partia do Rio de Janeiro em direção a Paris e que desapareceu na noite deste domingo (31). Ele era o único integrante da família presente no voo.

Segundo a empresa, o presidente da Michelin para a América do Sul, Luiz Roberto Anastácio, e o diretor de Informática, Antônio Gueiros; além da funcionária francesa Christine Pieraesrts estão na lista de passageiros do voo.

A cantora Juliana de Aquino, de 29 anos, morava há seis anos na Alemanha e tinha vindo a Brasília visitar a família. Muito abalado, o pai disse ter certeza de que a filha estava a bordo do avião, pois conversou com ela por telefone pouco antes da decolagem.

A família de Hilton Jadir Silveira de Souza, de 50 anos, confirmou que ele estava no voo. Engenheiro da Petrobrás e natural de Montes Claros, Minas Gerais, ele ia para a Alemanha a serviço da empresa. A Petrobrás disse que só vai se pronunciar depois da divulgação da lista de passageiros.

Rino Zandonai, diretor da Associazione Trentini Nel Mondo; Giovanni Batista Lenzi, deputado da Província Autônoma de Trento e Região Alto Adige; e Luigi Zortea, prefeito de Canal San Bovo, em Trento, na Itália, estiveram em Gaspar na última sexta-feira (29) e visitaram o centro de apoio mantido pelo Circolo Trentino (da Associazione Trentini Nel Mondo) em Gaspar.

Um alemão de 44 anos está entre os passageiros do voo AF 447, Harald Maximillian Winner iria à Alemanha para providenciar os documentos necessários para se casar no Brasil, segundo sua noiva, Helen Pedroso.

Relembrando o caso, o avião desapareceu do controle dos radares em frente ao litoral brasileiro, informaram fontes aeroportuárias de Paris.

O vôo partiu às 19h local do Rio de Janeiro. De acordo informações da companhia aérea, o contato com a aeronave foi perdido quando o aparelho sobrevoava o Oceano Atlântico.
O site da companhia aérea no Brasil é o www.airfrance.com.br. O telefone do aeroporto do Galeão é (21) 3398-5050 e o da Infraero é (61) 3312-3942.
A Air France emitiu um comunicado à imprensa francesa informando que “não há mais esperanças de localizar o vôo AF 447″, que fazia o trajeto Rio de Janeiro-Paris e que sumiu dos radares na costa brasileira no início da madrugada desta segunda-feira.

O Airbus A330 saiu do Rio de Janeiro no domingo, às 19h (horário de Brasília), e deveria chegar ao aeroporto Roissy - Charles de Gaulle de Paris pousar às 11h10 locais (6h10 de Brasília), disse um porta-voz. A Força Aérea Brasileira (FAB) iniciou as buscas à aeronave ainda durante a madrugada, na região do Oceano Atlântico, a nordeste do arquipélago de Fernando de Noronha.

Na imprensa francesa, a informação é de que o último contato do avião com as autoridades de controle aéreo foi por volta das 22h de ontem. O comandante teria alertado que enfrentava uma forte zona de turbulência e subitamente o contato foi cortado.

De acordo com informações da rádio France Info, uma das maiores do país, às 23h15 (hora de Brasília), a Air France teria recebido um alerta automático de que a aeronave teria sofrido uma pane no circuito elétrico.

Nenhum comentário:

Busca

Pesquisa personalizada

Popular Posts

google search

Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget